Mercado Imobiliário de Luxo cresce 28%

sunny-holiday-vacation-hotel
Seguindo a tendência de crescimento do sector, o segmento do imobiliário de luxo cresceu 28% este ano, com as transações a aumentar perto de 5%.
Os portugueses continuam a ser os principais interessados na compra de habitação de luxo, com uma fatia de 49% do total. O mercado chinês representa cerca de 7% da procura, o brasileiro e inglês 5%, o sueco 4% e o francês 3,5%. O que mais procuram são apartamentos (63%) nomeadamente T3 (32%) e moradias T4 (47%).

As várias agências lideres no mercado reforçam também a sua presença para fazer face ao aumento da procura, especializando equipas no acompanhamento personalizado de clientes deste segmento do mercado.

Lisboa é atualmente a cidade mais procurada neste segmento, com a procura a aumentar 12% face ao ano anterior, tendência que a Remax prevê que se mantenha nas zonas históricas: «o retorno ao centro da cidade e a um modo de vida urbano mais qualificado são aspetos essenciais potenciados por este mercado, que se torna por isso cada vez mais atrativo», pode ler-se num estudo recente da DTZ sobre o mercado residencial de luxo em Lisboa citado pela Remax.

Fonte: VidaImobiliária