Atribuídos 119 “Golden Visas” em Outubro, o triplo que em Setembro.

Emissão de Recibos de Renda

Houve um aumento de 221%, face a Setembro, do número de “Golden Visas” atribuídos, totalizando 119 em Outubro, 30 por semana em média, que significa um investimento em Portugal de 41,6 milhões de euros.

Segundo a Lusa, que se apoia em dados do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), em setembro foram atribuídas 37 Autorizações de Residência para a atividade de Investimento (ARI), mais dois que em agosto, num montante de 21,1 milhões de euros.

Agora, em outubro, os números aumentaram bastante: foram atribuídos 119 vistos, num investimento de 41.655.632,1 euros, mais 97% que em setembro. Dos 119 vistos concedidos, 112 foram por via do requisito da compra de bens imóveis – têm de custar mais de 500.000 euros – e sete resultantes da transferência de capital.

De referir que o investimento em compra de bens imóveis totalizou 64,5 milhões de euros, bem mais que os 20,1 milhões de euros registados em setembro.

Desde janeiro foram atribuídos 599 “Golden Visas”, sendo que em 2014 e 2013 foram concedidos 1.526 e 494 vistos, respetivamente. Ao todo, e desde que a 8 de outubro de 2012 a medida foi aplicada, foram atribuídos 2.621 vistos – 2.480 dos quais por via da compra de bens imóveis.

Em termos acumulados, o investimento total no final de outubro era de 1.588 milhões de euros, dos quais 1.435 milhões de euros em compra de bens imóveis e 153,7 milhões de euros em transferência de capital.

Os chineses continuam a ser os mais interessados, com 2.087 vistos gold concedidos. Em outubro foram atribuídos 91 a cidadãos daquele país e 98 vistos a cidadãos brasileiros.

Fonte: Idealista.pt