Programa Reabilitar para Arrendar com reforço de financiamento sem limite anunciado.

Emissão de recibos de renda

O programa “Reabilitar para Arrendar – Habitação Acessível” tem como objetivo o financiamento de operações de reabilitação de edifícios com idade igual ou superior a 30 anos, que após  reabilitação deverão destinar-se predominantemente a fins habitacionais. Estas frações destinam-se a arrendamento em regime de renda condicionada.

Os 50 milhões de euros de financiamento inicialmente anunciados para o programa Reabilitar para Arrendar representam apenas uma tranche dos apoios disponíveis para este programa, e poderão ser reforçados «sucessivamente, sem limite», segundo explicou recentemente Vítor Reis, presidente do IHRU.

Citado pela TVI24, o responsável esclareceu que o acordo assinado com o BEI prevê que as tranches de 50 milhões de euros sejam disponibilizadas conforme forem usadas. Neste momento, os primeiros 50 milhões já estão disponíveis e em uso, e serão reforçados em outros 50 quando se esgotarem, «e assim sucessivamente».

Até agora, o Reabilitar para Arrendar já aprovou 71 candidaturas, concluiu 676 simulações e iniciou outras 1.090. Já registou também 496 pré candidaturas. O valor total dos investimentos das pré candidaturas aprovadas é de 11,9 milhões de euros, e o total para o conjunto de todas as pré candidaturas ronda os 107 milhões de euros.

Fonte: VidaImobiliária