Câmara Municipal de Lisboa anuncia obras estruturantes para Lisboa

Emissão de recibo eletrónico

A nova Praça de Espanha, a renovação da 2.ª Circular e desenvolvimento do Vale de Santo António foram hoje apresentados por Fernando Medina durante a reunião da Assembleia Municipal como “projectos emblemáticos da cidade”.

O presidente do município começou por se congratular com o “acordo pacífico” estabelecido com os feirantes que exerciam a sua actividade nas barracas existentes na Praça de Espanha — uma situação «provisória» que se arrastava desde 1988… —, acordo sem o qual não seria possível desenvolver o projecto que visa “transformar a Praça de Espanha naquilo que nunca foi: uma praça” — afirmou.

Fernando Medina informou que o plano para a praça será apresentado em breve, o qual prevê “a ligação directa entre a Avenida de Berna e a Avenida Calouste Gulbenkian; a ligação directa nos 2 sentidos entre a Avenida António Augusto de Aguiar e a Avenida dos Combatentes e um jardim com uma grande zona verde, já que o que agora existe “é verdadeiramente inacessível” – adiantou. O autarca afirmou que a Praça de Espanha se tornará verdadeiramente emblemática para o futuro da cidade de Lisboa, e que manterá uma relação muito estreita com as instalações da Fundação Calouste Gulbenkian e do Museu da Arte Moderna.

Transformar a 2.ª Circular numa artéria mais urbana

O autarca deu a conhecer seguidamente que, até ao fim do ano, a câmara vai aprovar o projecto de renovação da 2.ª circular no sentido de a transformar numa artéria urbana e não “uma via de atravessamento”, tal como ela é hoje. A intervenção prevista irá resolver vários problemas actualmente existentes – disse. Segurança e sinistralidade, pavimentos, iluminação pública, sinalização das vias. Trata-se de um “projecto de grande ambição, estruturante, que está a ser conduzido em diálogo com o Governo e com a ANA”. Pretende-se que a CRIL (Circular Regional Interna de Lisboa) venha a assumir, no futuro, o papel de via de atravessamento e solucione a questão dos acessos ao aeroporto, responsável por muito do trânsito que hoje utiliza a 2.ª Circular. O projecto prevê também a ligação directa à Calçada da Carriche e a resolução de outros pontos negros de circulação; assim como a arborização do separador central e iluminação de toda a via.

Vale de Santo António: Câmara retomou a posse dos terrenos

Fernando Mediana anunciou ainda aos deputados municipais que a autarquia entrou de novo na posse dos terrenos do Vale de Santo António que estavam loteados a privados e para os quais estava prevista “uma intervenção demasiado pesada”. Isso irá permitir à autarquia o desenvolvimento harmonioso do Vale de Santo António e um progresso significativo no que respeita à promoção de habitação a rendas acessíveis.

Por último, o edil revelou uma informação relevante para o panorama cultural da cidade de Lisboa: a aprovação da empreitada para a obra de renovação do Teatro Variedades — o segundo teatro em reabilitação na zona do Parquer Mayer, com financiamento gerado por contrapartida do Casino de Lisboa, uma vez que as obras do Capitólio estão quase concluídas.

Fonte: Diário Imobiliário

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s